Franquias de lojas de roupa: um negócio que cresce durante a crise

Neander Souza

, Franquias

Nos últimos 6 anos, as franquias de lojas de roupa e moda em geral cresceram 259%. Isso mostra que, mesmo na crise, o setor continua em expansão, e a previsão segue otimista para cenários futuros.

Para quem está pensando em investir no segmento e abrir um negócio no ramo, o momento é oportuno, mas é preciso conhecer os números do mercado, a razão de seu sucesso e os riscos relacionados ao investimento antes de dar o primeiro passo.

No post de hoje, veremos mais detalhes de como ter sucesso com uma franquia de lojas de roupa. Acompanhe!

Principais fatores do crescimento da Moda no Brasil

O notável crescimento do mercado brasileiro de moda se deve a duas grandes razões, basicamente:

  • Cerca de 11 milhões de mulheres entraram no mercado de trabalho na última década. De acordo com o IBGE, as mulheres têm mais disposição para realizar compras do que os homens. E com mais dinheiro no bolso, esse impacto é diretamente sentido no mercado.
  • Por ter uma rotina agitada e atarefada, as mulheres se sentem obrigadas a sentirem bem consigo mesmas, investindo mais na aparência e nos cuidados relacionados.

Outro fator determinante para o crescimento do segmento foi o aumento do poder de compra dos brasileiros. Pois, de acordo com o IBGE, à medida que uma pessoa salta de classe social, ela tende a gastar o dobro mensalmente com moda (roupas, sapatos, acessórios, produtos de beleza etc.).

As franquias de lojas de roupas

As franquias de lojas de roupa é um dos segmentos que mais cresce no país. De fato, a maioria das marcas consagradas atingiram o sucesso e driblaram a crise expandindo a empresa através do franchising.

Isso fez com que as lojas de bairro perdessem fatia do mercado. Durante um período de 10 anos, lojas locais de roupas perderam 6% de mercado para redes de franquias. Muitas empresas aproveitaram a onda da franquia para expandir sua marca. A Malwee, uma malharia catarinense, abriu mais de 100 lojas desde 2011, por exemplo.

Como investir no mercado da moda

Mesmo em um cenário promissor, é necessário levar em conta outros elementos antes de empreender na área.

Abrir uma franquia de lojas de roupas, atualmente, é um dos segmentos mais seguros para investir. Contudo, mais seguro não quer dizer que o franqueado operará um negócio imune a riscos. Mesmo em um cenário promissor, o sucesso do negócio dependerá exclusivamente do seu gerenciamento e o diferencial apresentando a seus consumidores.

O modelo de franchising consiste em passar o “know-how” do negócio para o franqueado, cedendo os direitos e treinamento para que o empreendedor atinja o sucesso esperado com a sua unidade. Por operar um modelo de negócio já amadurecido no mercado, o empresário terá mais chances de sucesso em seu empreendimento.

No entanto, diferente de um negócio próprio, as franquias não dão autonomia para seus donos, que terão que gerenciar sua unidade sob normas e regras da empresa franqueadora. É preciso pesquisar as melhores opções de franquia no mercado de acordo com o seu perfil.

Isso, por outro lado, auxilia quem deseja empreender e administrar o próprio negócio, principalmente por ser um modelo prático de operar por quem não tem experiência prévia em administração de negócios.

Gostou do conteúdo? Siga a gente no Twitter e no Facebook para ficar por dentro das últimas novidades do blog!

franquia casa do construtor

Deixe uma resposta