Como reduzir a inadimplência em sua franquia de serviços

Neander Souza

, Franquias

Como reduzir a inadimplência? Essa é a pergunta que tem tirado o sono de muitos empresários, afinal, os atrasos comprometem a saúde financeira da empresa, que muitas vezes têm que recorrer a bancos e pagar altas taxas de juros. Em tempos de crise, é natural que a inadimplência aumente e por isso motivo é muito importante que algumas medidas sejam tomadas para reduzir esse índice.

Quer saber que medidas são essas? Continue a leitura e descubra 7 ações para reduzir a inadimplência em sua franquia de serviços:

1. Fazer análise de crédito

A melhor forma de reduzir a inadimplência é contar com clientes que são reconhecidamente bons pagadores.

Utilize ferramentas de análise de crédito para verificar a situação do seu cliente, como cheques, protestos, participação de sócios em outros negócios, etc.

Essa ação deve ser realizada sempre antes de fechar o primeiro negócio e também quando começar a notar algum problema.

2. Política de cobranças

Alguns clientes não pagam as faturas em dia por desorganização financeira ou má gestão e quanto mais tempo existir o atraso, maiores são as chances do não pagamento.

Envie a fatura com antecedência e programe e-mails de cobranças em forma de lembretes desde o primeiro dia.

Lembre-se de que as cobranças não podem ser expostas a terceiros e jamais devem conter algum tipo de ameaça.

3. Utilize um software de gerenciamento

Realizar o gerenciamento de cobranças manualmente, além de aumentar as chances de erros, exige diversas pessoas para realizar o processo.

Utilizar um software é fundamental, pois com ele é possível automatizar a geração e envio das cobranças.

Além disso, eles contam com relatórios para acompanhamento e gravam o histórico dos clientes, o que facilita muito a gestão do negócio e a tomada de decisões estratégicas.

4. Filtre os seus clientes

Realize análises periódicas de sua cartela de clientes e veja o histórico de cada um. Verifique quanto lucrou e quanto perdeu com cada um e pergunte-se: será que o esforço gerado com esse cliente não é excessivo frente aos resultados? Será que vale a pena manter clientes que só geraram prejuízos?

Eliminar alguns clientes mal pagadores pode ser difícil, mas melhorará a qualidade do seu serviço e trará equilíbrio para as suas contas.

5. Valorize os bons pagadores

São os bons pagadores que mais contribuem para o sucesso da sua franquia de serviços. Por isso, você deve valorizá-los.

O primeiro passo para isso é contar com um histórico. Crie uma classificação para cada cliente, assim conseguirá facilmente saber quem são os melhores.

Caso algum desses clientes enfrentem alguma dificuldade, leve em conta o histórico e ofereça alternativas como retirar os juros, postergar ou parcelar o pagamento. O cliente com toda certeza se sentirá muito grato pelo reconhecimento e apoio no momento em que ele mais precisa.

6. Sempre venda com nota fiscal

Se não forem emitidas notas fiscais para os serviços prestados e as cobranças forem realizadas informalmente, você não terá nenhum amparo legal caso precise tomar uma atitude mais dura, como acionar a justiça.

7. Cuide da gestão financeira

A boa gestão é fundamental para identificar as dificuldades do negócio, analisar as opções disponíveis e oferecer a melhor solução para manter a empresa dentro dos padrões desejados.

É ela que conseguirá colocar em prática todos os pontos citados acima, levando em conta a necessidade e características de cada cliente e da empresa.

Você conferiu nesse artigo 7 dicas de como reduzir a inadimplência em sua franquia de serviços. Isso não significa que você não terá mais inadimplência, mas terá a capacidade de lidar melhor com ela, reduzindo os riscos e aumentando a sua lucratividade.

Gostou do conteúdo? Quer receber mais dicas como essa? Assine a nossa newsletter!

franquia casa do construtor

Deixe uma resposta