Como abrir uma franquia de idiomas em 5 passos

Neander Souza

, Franquias

O mercado de franquias está aquecido e as vantagens do investimento têm atraído cada vez mais empreendedores. Em 2015, o segmento de Educação apresentou um crescimento de 15%, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising.

Contudo, para você que está pensando em como abrir uma franquia de idiomas, saiba que é preciso entender, primeiramente, quais são os passos necessários para empreender com segurança.

Mesmo operando um negócio já estruturado no mercado, o franqueado correrá riscos (mesmo que reduzidos) em seu investimento. Para diminuir mais as chances de sua franquia quebrar, elaboramos os 5 passos necessários para abrir uma franquia de idiomas e obter o sucesso esperado no empreendimento. Confira!

1. Estude o seu público-alvo

Atualmente, pessoas de várias idades e classes sociais entendem a necessidade de aprender um novo idioma e, por conta disso, o franqueado deverá estudar qual o público desejará atender.

Em um mercado com demanda alta, a dica é focar em um público que ainda não tenha sido atingido. Tente buscar um diferencial na franquia de idiomas escolhidas, levando em consideração o seu público-alvo, suas características e necessidades.

2. Faça uma pesquisa de mercado

É importante se certificar de que não há concorrentes fortes na região. Nesse caso, optar por uma franquia de idiomas online pode ser uma opção mais viável, ou ainda, uma franquia de idiomas que ofereça um diferencial, algo que os concorrentes locais não ofereçam atualmente (desde que tenha demanda, é claro).

3. Escolha a franquia ideal

Há diversas opções no mercado e, embora o modelo de negócios seja basicamente o mesmo, a metodologia e os processos podem ser (bastante) distintos, entre outros fatores importantes.

Por isso, é importante que o empreendedor escolha a franquia ideal se baseando em 4 fatores importantes:

  • A forma como será passado o know-how da franqueadora para o franqueado;
  • Como serão realizados os treinamentos e qual será a dificuldade em operar o negócio;
  • Como é o suporte oferecido pela empresa franqueadora e qual a frequência;
  • A experiência de outros franqueados com a franqueadora.

A partir desses 4 pontos é possível definir qual será a melhor forma para abrir uma unidade de acordo com as necessidades do franqueado.

4. Considere a melhor metodologia

Outro fator importante que deve ser levado em consideração pelo franqueado é a escolha da metologia ideal para o seu público-alvo. Há opções que oferecem aulas presenciais e online, outras já proporcionam um ambiente online e todo conteúdo é apresentado através de videoaulas e conteúdo interativo.

Entre várias opções, o franqueado deverá escolher a melhor que se encaixa dentro de seu plano de negócios. Lembrando que o diferencial apresentado é um dos fatores determinantes para o sucesso.

5. Escolha o ponto comercial

A localização de sua franquia de idiomas será um dos fatores determinantes para o sucesso do investimento. O franqueado deverá estudar os melhores locais para instalar sua unidade, levando em conta o público que deseja atingir e as regras da franqueadora.

Na maioria dos casos, as empresas franqueadoras oferecem todo o suporte para que o franqueado escolha o melhor local.

Gostou das dicas sobre como abrir uma franquia de idiomas? Quer ler mais artigos sobre franquias e seu universo? Assine nossa newsletter para receber regularmente nossas novidades!

franquia casa do construtor

Deixe uma resposta