Avalie os prós e os contras de ter uma franquia

Ao abrir seu negócio, é provável que o empreendedor tenha pensado nas diversas possibilidades, principalmente sobre o dilema de criar um modelo próprio ou investir em uma franquia. Antes de tomar esta decisão, é importante que se entenda os prós e os contras de ter uma franquia. Vamos analisar as possibilidades de investimento:

Aspectos que devem ser considerados ao abrir um negócio próprio:

  • É uma marca nova no mercado;
  • O empreendedor gerencia sozinho;
  • Necessidade de um plano de negócio;
  • Gastos com publicidade;
  • Preços de venda são definidos pelo empreendedor;
  • Há menos margem de manobra para inovações.

Aspectos a serem considerados ao abrir uma franquia:

  • Possibilidade de suporte na gestão;
  • Marca/nome conhecidos pelo público;
  • Baixo custo (divididos) com publicidade e marketing;
  • Preços, produtos e serviços padronizados;
  • Possibilidade de escolha do ponto comercial;
  • Baixo custo inicial (considerando as microfranquias).

Autonomia x Estabilidade

É importante considerar que a autonomia no caso das franquias é mais limitada, porém um negócio pronto, já estabelecido, pode ser uma alternativa mais atraente do que criar um novo modelo de negócio. Sendo assim a escolha entre abrir um negócio próprio e investir em uma franquia depende do perfil do investidor. A estabilidade garantida pelas franquias se contrapõe com a liberdade de gestão do investidor.

Sobre o investimento do negócio

O preço de investimento inicial no caso das franquias deve ser analisado cuidadosamente. Existem  microfranquias com valor inicial de 3.000 reais, e por isso praticamente qualquer empreendedor pode se tornar um franqueado.

Para ajudar o investidor nesse dilema, há algumas páginas na web que orientam e educam o novo empreendedor em sua investida. É mais fácil do que parece, e investir para ter seu próprio negócio (franquia ou não) é o sonho de muitas pessoas em busca aumentar sua renda e ter uma maior margem de lucro. Veja um post que pode te ajudar.

Geralmente é preciso que o investidor tenha o perfil da franquia em questão, para evitar atritos, e conquistar o mercado é um processo mais dinâmico entre as franquias, enquanto é desafiador levantar e divulgar uma nova marca.

Afinal, abrir uma franquia ou abrir um negócio novo?

Agora que levantamos os diversos aspectos que devem ser analisados na escolha por montar um negócio próprio ou franquia você pode tomar a decisão certa para seu perfil, objetivos e disponibilidade de recursos. Nem sempre é mais caro abrir uma franquia, considerando que com um modelo de negócio próprio faz-se necessário investimento em marketing e principalmente em publicidade, já que é uma empresa nova no mercado. A opção por microfranquias é ideal para um investidor que não tenha capital suficiente para “encarar” franquias grandes e bem reconhecidas. Ademais, existem dicas para garantir o sucesso no ramo das franquias.

A padronização de produtos e serviços é um detalhe decisivo na escolha entre se tornar um franqueado ou montar seu próprio negócio. Imagine a facilidade de ter todos os cálculos feitos e todos os procedimentos criados de forma otimizada. Esta é  a realidade de ter uma franquia. Não perca seu tempo! Avalie os prós e os contras de ter uma franquia e analise se eles estão de acordo com seus planos. Clique no link para ver 5 orientações para escolher a franquia ideal.

franquia casa do construtor

Deixe uma resposta