Abrir uma franquia de calçados na crise: um risco ou um benefício

Neander Souza

, Franquias

Público fidelizado, plano de negócio e marca já definidos, preços convidativos… Esses são apenas alguns dos principais pontos que o empreendedor deve considerar ao investir em uma franquia de calçados.

Não há dúvidas de que o ramo de franchising abre portas para um investimento seguro, entretanto, nosso país passa por um cenário econômico desfavorável, fazendo com que seja muito importante conhecer os riscos de iniciar em um novo mercado.

Pensando nisso, listamos algumas das vantagens e desafios que o empreendedor deverá assumir ao abrir uma franquia de calçados. Continue a ler para entender melhor sobre o assunto!

Praticidade na regulamentação

Em termos gerais, toda franquia segue a regulamentação da Lei de Franquias, na qual constam disposições acerca desses contratos. Já quando tratamos do comércio de calçados, não existe legislação específica que regre essa atividade.

Essa é uma grande vantagem para quem pretende abrir esse tipo de franquia, uma vez que a pessoa jurídica fica dispensada de qualquer aprovação por outros órgãos de fiscalização, bastando apenas o registro de comércio tradicional.

Índice de crescimento elevado

A Kantar Worldpanel, empresa especializada em comportamento de consumo, publicou esse ano um estudo sobre o mercado de calçados no Brasil. A análise indicou que esses artigos estão entre os presentes favoritos dos brasileiros, reconhecendo as tendências de aquecimento dessa atividade.

O varejo de moda praticamente não foi afetado pela crise, sendo que as empresas do ramo têm um forte papel na balança econômica do país. Essas características demonstram que o investimento nesse setor pode ser bem positivo — para não ter dúvidas, confira o artigo que preparamos com 5 orientações para escolher a franquia ideal.

Desafios

Atuar no ramo de franchising requer muito trabalho e disciplina dos empreendedores. O conhecimento e a base do negócio já chegam prontos para o franqueado, mas a chave de sucesso de no ramo de calçados é o empenho e boa administração.

Veja os principais desafios dessa atividade:

  • Gestão financeira: é indispensável que o investidor esteja a frente de todos os custos e resultados da sua empresa. O conhecimento financeiro não pode ficar de fora.
  • Liderança de equipe: principalmente no comércio, o atendimento é um dos fatores determinantes para o progresso. A equipe precisa trabalhar motivada, sendo que o administrador tem um papel importante em garantir esse ambiente.
  • Foco e metas: esse é o grande pilar de uma franquia de calçados. A objetividade ajuda a empresa a identificar problemas e tomar as ações necessárias para se destacar, mesmo em um mercado competitivo.

Investimento positivo

Não é fácil começar um novo negócio, principalmente quando a economia não se encontra favorável. Apesar disso, o mercado de franquias caminha na contramão da crise; No ano de 2015 houve um crescimento de aproximadamente 14,7% das empresas que adotam esse modelo de negócio.

Nesse sentido, investir em uma franquia de calçados pode ser um caminho interessante para o sucesso pessoal e profissional, já que as taxas de crescimento são bem positivas e os riscos do investimento são minimizados. Não deixe de pesquisar sobre o assunto!

E então, leitor? Já pensou em abrir um negócio de calçados? Deixe um comentário e conte para nós!

franquia casa do construtor

Deixe uma resposta